Advento

O Advento é o primeiro tempo do Ano litúrgico, o qual antecede o Natal.É um tempo de preparação, alegria, e de expectativa, esperando o Nascimento de Jesus Cristo, vivendo o arrependimento e promovendo a fraternidade e a Paz. Mais »

A Recoleção Agostiniana

O Dia da Recoleção é uma data-marco para os agostinianos recoletos por aprovar o reconhecimento da Ordem como família religiosa, quase três séculos após seu surgimento. Em 5 de dezembro de 1911, o Papa Pio X os agraciou com a autonomia jurídica plena em relação aos demais agostinianos e concedeu o status de Ordem religiosa independente, subordinada a um Superior geral próprio. Mais »

Festa da Imaculada Conceição

Dogma através do qual a Igreja declarou que a concepção da Virgem Maria foi sem a mancha (mácula em latim) do pecado original. Desde o primeiro instante de sua existência, a Virgem Maria foi preservada do pecado pela graça de Deus. Ela sempre foi cheia da graça divina. O dogma declara também que a vida da Virgem Maria transcorreu completamente livre de pecado. Mais »

Oficina de Oração Agostiniana

Reunião Mensal, onde se lê e medita um texto agostiniano com oração do terço e adoração ao Santíssimo Sacramento. Realizada todo dia 15 (quando cai no fim de semana, vai para segunda-feira próxima) na capela no subsolo da Paróquia Santa Mônica com a direção de Frei Salvador. Todos estão convidados Mais »

Missa em Honra a Santo Ezequiel Moreno

Nesta Missa contamos homenageamos o grande santo Ezequiel Moreno, bispo e missionário agostiniano recoleto. Muitas graças são alcançadas por este poderoso intercessor. Nesta missa poderemos ouvir testemunhos de graças alcançadas e no final a imposição de mãos individual com a oração de Santo Ezeqiel Mais »

Confraternização Paroquial

JANTAR PARA OS POBRES – INFORMAÇÕES SECRETARIA PAROQUIAL Mais »

Confissões Comunitárias

Durante este tempo de Advento precisamos de não somente a graça de uma perfeita contrição, a fim de, arrependidos, confessar-nos com fruto e humildade, mas também da boa vontade passando por cima de vergonhas tolas Mais »

Vésperas de Natal

Missa do Galo” é o nome da celebração litúrgica da meia-noite, na véspera do Natal. A expressão vem da tradição segundo a qual à meia-noite do dia 24 de dezembro um galo cantou mais fortemente que qualquer outro, anunciando o nascimento do Menino Jesus. Assim como o galo anuncia o nascer do sol e seu canto preludia o amanhecer, assim também a “Missa do Galo” comemora e canta o nascimento de Jesus, o Sol nascente que, clareando a escuridão do pecado, veio nos remir. Hoje devido ao problema da violência e da reunião das famílias esta missa é celebrada mais cedo Mais »

Novena de Natal

Celebrada durante os nove dias que antecedem a solenidade do Natal, durante os dias de semana, a Novena de Natal tem como intenção ajudar os fiéis na preparação espiritual para a festa do nascimento de Jesus. Mais »

Tempo do Natal

O Natal é um tempo de fé, alegria e acolhimento do Filho de Deus que se fez Homem. O tempo do Natal vai da véspera do Natal de Nosso Senhor até o domingo depois da festa da aparição divina (epifania), em que se comemora o Batismo de Jesus. No ciclo do Natal são celebradas as festas da Sagrada Família, de Maria, mãe de Jesus, Epifania do Senhor e do Batismo de Jesus. Mais »

Nossa Senhora Mãe de Deus

A presença da Virgem Mãe de Deus, no meio do povo de Israel, era tão discreta, que passava quase despercebida aos olhos dos seus contemporâneos, mas brilhava bem clara diante do Eterno. Tanto que, já no Antigo Testamento, o Senhor associou a “Filha de Sião” ao Seu plano de salvação para toda a história da humanidade. Para compreender esse mistério, o Concílio Vaticano II nos ajuda ao apresentar, em seu magistério, a Mãe de Deus no mistério de Cristo e da Igreja. De fato, se “o mistério do homem, só no mistério do Verbo encarnado se esclarece verdadeiramente”, então, é necessário aplicar esse mesmo princípio, de modo muito particular, àquela “Mulher” extraordinária que se tornou Mãe de Deus. Pois, só no mistério de Cristo “se esclarece” plenamente o mistério, especialmente a sua maternidade divina. Mais »

 

ORAÇÃO DE SANTO AGOSTINHO PARA O ADVENTO

Ó Senhor, não me glorio das minhas obras… não louvo as obras das minhas mãos; tenho receio de que, se Tu as examinas, nelas encontrarás mais pecados que merecimentos.

Só peço uma coisa e esta espero alcançar: não desprezeis as obras das Vossas mãos.

Contempla em mim a Tua obra e não a minha, porque se olhares para a minha, terás de condenar-me; mas se olhares para a Tua, salvar-me- ás.

Nossa Senhora da Imaculada Conceição

Esta verdade, reconhecida pela Igreja de Cristo, é muito antiga. Muitos padres e doutores da Igreja oriental, ao exaltarem a grandeza de Maria, Mãe de Deus, usavam expressões como: cheia de graça, lírio da inocência, mais pura que os anjos.

 

 

UM CARISMA QUE IMPELE RELIGIOSOS E LEIGOS À COMUNHÃO

O Prior Geral, Miguel Miró, recorda em sua mensagem a origem da Recoleção Agostiniana e nos convida a abrir nossos corações a Cristo e a olhar o futuro com esperança.

Amizade em Santo Agostinho – 2

Antes de entrarmos no conceito de amizade é muito importante falarmos sobre a origem dos nomes e das palavras. A própria Bíblia nos dá exemplos a respeito do assunto.

Cristo Rei

Termina o ano litúrgico, e no Santo Sacrifício do Altar renovamos ao Pai o oferecimento da Vítima, Cristo, Rei de santidade e de graça, Rei de justiça, de amor e de paz, como dentro de pouco leremos no Prefácio. Todos sentimos na alma uma imensa alegria ao considerarmos a santa Humanidade de Nosso Senhor: um rei com coração de carne, como o nosso; que é o autor do universo e de cada uma das criaturas, e que não se impõe com atitudes de domínio, mas mendiga um pouco de amor, mostrando-nos em silêncio as suas mãos chagadas.

Abba Pai – A Filiação Divina

Hoje meditamos sobre ser filhos de Deus pelo Espírito. Para poder construir a comunhão é preciso chegar à convicção de todos somos irmãos/as, pois temos um mesmo DEUS, cujo amor nos une e nos leva a superar nossas diferenças.

A AMIZADE EM SANTO AGOSTINHO

A amizade tem em Sto. Agostinho uma importância singular por seu pensamento e sua experiência.As ciências humanas, coincidem em afirmar que todo homem é um ser que traz enraizada em sua própria natureza uma inclinação, um chamado à comunicação. Podemos dizer que o ser do homem é um “ser com” e seu viver um “com viver

Todos os Santos da Ordem

No dia do aniversário natalício de nosso Pai Santo Agostinho (que nasceu no dia 13 novembro de 354), celebram-se em única festividade, juntamente com os santos e bem aventurados das três Ordens agostinianas, cuja santidade foi reconhecida pela Igreja, todos os religiosos e religiosas santos, de todas as nações, tribos, povos e línguas, cujos nomes estão escritos no livro da vida (cf.Ap 7, 9; 20,12).

Santidade

Que significa ser santo? Quem é chamado a ser santo? Com frequência somos levados a pensar ainda que a santidade é uma meta reservada a poucos eleitos.

 

Sede Santos