Retiro Agostiniano

 

 

 

 

 

 

 

SANTO AGOSTINHO E A EUCARISTIA

Programação

09,00h.: Início e acolhida.

09, l5h.: Oração de Laudes.

09,45h.: PALESTRA: “O Sacramento da Eucaristia”. – Sônia Sousa Aguiar    Bittencourt.

10,15h.: Intervalo. (café e biscoitos).

10,30h.: Animação.

10,40h.: Dinâmica…

11,00h.: PALESTRA: “Santo Agostinho e a Eucaristia”. – Paulo Cezar Porto Carneiro.

11,30h.: Intervalo para o almoço.

14,30h.: Dinâmica…

15, 15h.: Intervalo. (café e biscoitos)

15,30h.: Terço da Misericórdia…

15,45h.: PALESTRA: “Os Milagres Eucarísticos”. – Maria José Guedes Cavalcante.

16,15h.: Adoração ao Santíssimo. (Na capela).

16,30h.: Encerramento

A Igreja vive da Eucaristia

“Do mistério pascal nasce a Igreja. Por isso mesmo a Eucaristia, que é o sacramento por excelência do mistério pascal, está colocada no centro da vida eclesial. Isto é visível desde as primeiras imagens da Igreja que nos dão os Atos do Apóstolos: « Eram assíduos ao ensino dos Apóstolos, à união fraterna, à fração do pão, e às orações » (242).

Na « fração do pão», é evocada a Eucaristia. Dois mil anos depois, continuamos a realizar aquela imagem primordial da Igreja. E, ao fazê-lo na celebração eucarística, os olhos da alma voltam-se para o Tríduo Pascal: para o que se realizou na noite de Quinta-feira Santa, durante a Última Ceia, e nas horas sucessivasDe fato, a instituição da Eucaristia antecipava, sacramentalmente, os acontecimentos que teriam lugar pouco depois, a começar da agonia no Getsémani. Revemos Jesus que sai do Cenáculo, desce com os discípulos, atravessa a torrente do Cedron e chega ao Horto das Oliveiras. 

Existem ainda hoje naquele lugar algumas oliveiras muito antigastalvez tenham sido testemunhas do que aconteceu junto delas naquela noite, quando Cristo, em oração, sentiu uma angústia mortal « e o seu suor tomou-se-Lhe como grossas gotas de sangue, que caíam na terra » (Lc 22, 44).

Frases sobre a Eucaristia

 Santo Agostinho 

“Não somos nós que transformamos Jesus Cristo em nós, como fizemos com os outros alimentos que tomamos, mas é Jesus Cristo que nos transforma nele

Sendo Deus onipotente, não pôde dar mais; sendo sapientíssimo, não soube dar mais; e sendo riquíssimo, não teve mais o que der.”

A Eucaristia é o pão de cada dia que se toma como remédio para a nossa fraqueza de cada dia.”

São João Crisóstomo 

“Deu-se todo não reservando nada para si.”

“Não comungar seria o maior desprezo a Jesus que se sente ”doente de amor. ”

São Bernardo 

“A comunhão reprime nossas paixões: ire e sensualidade principalmente”.

“Quando Jesus está presente corporalmente em nós, ao redor de nós, montam guarda de amor os anjos.”

Santo Afonso de Ligório 

“Ficai certos de que todos os instantes da nossa vida, o tempo que passar diante do Divino Sacramento será o que vos dará mais força durante a vida, mais consolação na hora da morte e durante a eternidade.”

ORAÇÕES DE SANTO AGOSTINHO

  1. Deus, de quem não se pode separar sem cair, a quem não se retorna, sem se reerguer; permanecer em ti é ter sólido apoio, afastar-se de ti é morrer, retornar a ti é reviver, habitar em ti é viver… Deus, a quem ninguém perde, a não ser enganado, que ninguém procura, sem um prévio chamado, a quem ninguém encontra sem primeiro ter sido purificado. Que a fé nos motive, a esperança nos oriente e a caridade nos una. Amém
  2. A partir de agora, só amo a ti, só teu quero ser, só a ti procuro, só a ti estou disposto a servir, pois só tu governas com justiça e sob tua direção quero colocar-me. Manda, eu te peço, e ordena o que quiseres, mas sara e abre os meus ouvidos para que eu ouça as tuas palavras. Sara e abre meus olhos, para que eu veja a tua vontade. Amém
  3. Graças a ti, a minha doçura, minha glória, minha confiança, meu Deus, pelos dons que me deste. Conserva-os, pois. E assim me conservarás. Então crescerá e se aperfeiçoará tudo o que me deste. Eu mesmo viverei contigo, porque foste tu que me deste a possibilidade de existir. Amém
  4. Louvor e glória a ti, que és fonte de todas as misericórdias! Eu me tornava cada vez mais miserável, e tu te aproximavas sempre mais de mim. Tua destra estava junto a mim, para arrancar-me do lodo e lavar-me, e eu nada percebia. Nada conseguia impedir que me afogasse no abismo dos prazeres carnais, a não ser o temor da morte e do teu futuro juízo, que mesmo através das diversas doutrinas, nunca abandonava o meu espírito. Amém

00000000000000

LAUDES

SANTA MARIA IN SÁBATO”

  1. Vinde, ó Deus em meu auxílio
  2. R. Socorrei-me sem
  3. Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
  4. R. Como era em um princípio, agora e sempre. Amém.

HINO 

Maria, Mãe dos caminhantes

Ensina-nos a caminhar,

Nós somos todos viandantes,

Mas é difícil sempre andar.

 

Fizeste longa caminhada,

Para servir a Isabel,

Fazendo-te de Deus morada,

Após teu sim a Gabriel.

 

Depois da dura caminhada,

Para a cidade de Belém,

Não encontraste lá pousada,

Mandaram-te passar além.

 

Com fé fizeste a caminhada,

Levando ao templo o teu Jesus,

Mas lá ouviste da espada,

Da longa estrada para a cruz.

 

Salmodi

Ant. 1 A vós dirijo* os meus olhos já bem antes da aurora.

Salmo 118

Clamo de todo o coração: Senhor, ouvi-me!

Quero cumprir vossa vontade fielmente!

Clamo a vós: Senhor, salvai-me, eu vos suplico,

e então eu guardarei vossa Aliança!

 

Chego antes que a aurora e vos imploro,

e espero confiante em vossa lei.

Os meus olhos antecipam as vigílias,

para de noite meditar vossa palavra.

 

Por vosso amor ouvi atento a minha voz

e dai-me a vida como é vossa decisão!

Meus opressores se aproximam com maldade;

como estão longe, ó Senhor, de vossa lei!

 

Vós estais perto, ó Senhor, perto de mim;

todos os vossos mandamentos são verdade!

Desde criança aprendi vossa Aliança

Que firmastes para sempre eternamente.

 

Ant. 1 A vós dirijo* os meus olhos já bem antes da aurora.

Ant. 2 O Senhor é minha força*, é a razão do meu cantar, pois foi ele neste dia para mim libertação.

Cântico (Ez. 15)

Ao Senhor quero cantar, pois fez brilhar a sua glória:

precipitou no mar Vermelho o cavalo e o cavaleiro!

O Senhor é minha força, é a razão do meu cantar,

pois foi ele neste dia para mil libertação!

 

Ele é o meu Deus e o louvarei, Deus de meu pai e o honrarei.

O Senhor é um Deus guerreiro, o seu nome é “Onipotente”;

os soldados e os carros do Faraó jogou no mar.

 

Ao soprar a vossa ira amontoaram-se as águas,

levantaram-se as ondas e formaram uma muralha,

e imóveis se fizeram, em meio ao mar, as grandes vagas.

 

O inimigo tinha dito: “Hei de segui-los e alcançá-los!

Repartirei os seus despojos e minha alma saciarei;

arrancarei da minha espada e minha mão os matará!

Mas soprou o vosso vento, e o mar os recobriu;

afundaram como chumbo entre as águas agitadas.

 

Quem será igual a vós, entre os fortes, ó Senhor?

Quem será igual a vós, tão ilustre em santidade,

tão terrível em proezas, em prodígios gloriosos?

 

Estendestes vossa mão, e a terra os devorou;

mas o povo libertado conduzistes com carinho

e o levastes com poder à vossa santa habitação.

 

Vós, Senhor, o levareis e o plantareis em vosso monte,

no lugar que preparastes para a vossa habitação,

no Santuário construído pelas vossas próprias mãos.

O Senhor há de reinar eternamente, pelos séculos.

 

Ant. 2 O Senhor é minha força’\ é a razão do meu cantar,

Pois foi ele neste dia para mim libertação.

 

Ant. 3 Cantai louvores* ao Senhor, todas as gentes!

 

Salmo 116

Cantai louvores ao Senhor, todas as gentes,

povos todos, festejai-o!

Pois comprovado é seu amor para conosco,

para sempre ele é fiel!

 

Ant. 3 Cantai louvores’~ ao Senhor, todas as gentes!

 

Leitura breve 

Exulto de alegria no Senhor e minha alma regozija-se em meu Deus; ele me vestiu com as veste da salvação, envolveu-me com o manto da justiça, qual noiva com suas joias.

 

Responsório breve 

  1. O Senhor a escolheu, entre todas preferida.
  2. O Senhor a escolheu, entre todas preferida.
  3. O Senhor fez morar em sua santa habitação.
  4. V. Entre todas preferida.
  5. R. Glória, ao Pai, ai Filho e ao Espírito Santo. V. Como era em um princípio, agora e sempre. Amém.

 

Cântico Evangélico 

Virgem santa e imaculada, eu não sei com que louvores

poderei engrandecer-vos! Pois de vós nós recebemos Jesus Cristo, o Redentor.

 

Benedictus

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,

porque o seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador na casa de Davi, seu servidor.

 

Como falara pela boca de seus santos,

os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos

e da mão de todos quantos nos odeiam.

 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,

recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,

de conceder-nos que, libertos do inimigo,

 

A ele nós sirvamos sem temor

em santidade e em justiça diante dele,

enquanto perdurarem nosso dias.

 

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,

pois irás andando à frente do Senhor

para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,

que está na remissão de seus pecados.

 

Pela bondade e compaixão de nosso Deus,

que sobre nós fará brilhar o sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas,

 

E na sombra da morte estão sentados,

e para dirigir os nossos passos,

guiando-nos no caminho da paz.

 

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, Como era num princípio, agora e sempre. Amém.

 

Cântico Evangélico 

Virgem santa e imaculada, eu não sei com que louvores

poderei engrandecer-vos! Pois de vós nós recebemos Jesus Cristo, o Redentor.

 

Preces 

Celebremos nosso Salvador que se dignou nascer da Virgem Maria; e peçamos.

  1. Que a vossa mãe interceda por nós!

 

(Preces espontâneas)

 

– Sol de justiça, a quem a Virgem Imaculada precedeu como aurora resplandecente, concedei que caminhemos sempre à luz da vossa presença.

 

– Palavra eterna do Pai, que escolhestes Maria como arca incorruptível para vossa morada, livrai-nos da corrupção do pecado.

 

– Salvador do mundo, que tivestes vossa Mãe junto à cruz, concedei-nos, por sua intercessão, a graça de participar dos vossos sofrimentos.

 

– Jesus de bondade, que, pregado na cruz, destes Maria por Mãe a João, fazei que vivamos também como seus filhos e filhas.

 

– Ó Maria, nossa Mãe, abençoai-nos e protegei-nos a todos nós, que aqui nos reunimos, para fazer o Retiro Agostiniano.

 

– Amparai, ó Maria, com a tua presença, às nossas famílias e aos que mais necessitam da tua proteção.

 

Pai Nosso ..

(Bênção do Sacerdote) 

 

OREMOS. Senhor nosso Deus, concedei-nos sempre saúde de alma e corpo, e fazei que. Pela intercessão da Virgem Maria, libertos das tristezas presentes, gozemos as alegrias eternas. Por Cristo Nosso Senhor. Amém

BÊNÇÃO DO SANTÍSSIMO SACRAMENTO

Glória a Jesus na hóstia santa

Que se consagra sobre o altar

E aos nossos olhos se levanta

Para o Brasil abençoar

Que o Santo Sacramento

Que é o próprio Cristo Jesus

Seja adorado e seja amado

Nesta terra de Santa Cruz!

Glória a Jesus prisioneiro

Do nosso amor a esperar

Lá no sacrário o dia inteiro

Que o vamos todos procurar.

 

MOMENTO DE ADORAÇÃO PERDÃO AGRADECIMENTO

Dir. Neste momento especial de adoração a Deus, fixemos nosso olhar na Eucaristia, o grande sinal da presença de Jesus entre nós.

TODOS; Jesus é o Pão da vida, nosso alimento. Ele mesmo nos diz: “Tomai comei: isto é o meu corpo”. Jesus nos lembra o grande amor do Pai por nós.

Dir. Deus nosso Pai quer se dar aos homens por meio de Jesus, presente na Eucaristia. Eucaristia é alimento, fortaleza, amor, doação.

TODOS. Jesus, aqui estamos porque vos amamos. Porque queremos ficar mais perto de vós.

TODOS. Senhor, criai em nós o desejo intenso e real de vos buscar no sacrário, todos os dias. Para o sustento de nossa vida, hoje na terra, e para sempre na vida eterna. Senhor, vinde em nossa defesa! Não retireis de nós a vossa proteção!

Dir. Deus é bom e misericordioso, com sempre pronto para o perdão.

TODOS. Senhor nosso Deus, queremos vos adorar como filhos amados. Vinde com a força do vosso perdão, para que também saibamos perdoar nossos irmãos.

 

Dir. Queremos vos pedir perdão, Senhor. Perdão por tantas coisas que não deixam o vosso amor concretizar-se entre nós. Queremos que o vosso perdão se torne vivo em nós. Somente assim poderemos nos tornar “novas criaturas”.

TODOS. Acreditamos que o vosso perdão nos leva à transformação.

Dir. Perdão, Senhor, pelas injustiças generalizadas. O homem já não se preocupa mais com a justiça. Importa-lhe somente a exploração do irmão.

TODOS. Perdão, Senhor, por não considerarmos os homens como nossos irmãos. Prometemos renovar nossa vida!

Dir. Perdão, Senhor, pela nossa ganância. Eis um outro momento difícil em que vivemos: a busca desenfreada do lucro e apego aos bens materiais e ao dinheiro.

TODOS. Perdão, Senhor, por não nos importarmos mais com a vida de nossos irmãos.

Dir. Perdão, Senhor, pela nossa omissao. Nosso povo traz em si um sofrimento desesperador. Muitos lutam para sobreviver. Não são poucos os que desanimam. Nosso sistema social não é justo, Senhor.

TODOS. Perdão, Senhor, por não termos o espírito de corresponsabilidade nesta nossa vida social.

Dir. Nós te adoramos, Senhor, porque és servo de todos, e vos tornastes comida e bebida para nós

TODOS. “Senhor, dai-nos sempre deste pão”. Vós sois o nosso alimento, pão que nos sustenta. Vosso sangue é bebida que nos sacia. Obrigado, Senhor!

Dir. Senhor Jesus Cristo, vós nos deixastes a garantia da salvação eterna. Tornastes

vosso Corpo em alimento – Pão que nos sustenta – e vosso Sangue em vinho que

nos sacia. Sabemos que só poderemos assimilar o mistério da pessoa de Jesus pela

sua dimensão pascal. Encarnação, Redenção e Eucaristia são três aspectos

inseparáveis do mistério de Jesus.

MOMENTO MARIANO

TODOS. Ó Maria, Mãe bendita, chama que crepita e me ilumina. Ó doce e suave ternura de um coração materno, que exala sem cessar amor e compaixão. Vede quão grande é tua missão. ó flor linda do jardim da vida, que participas na obra da criação. De Deus escolhida para trazer a vida, e tornar o mundo mais pleno de amor. Coração que só sabe amar. Mãe, de face serena mesmo queimada pelo sol; de mãos macias ou calejadas, que sabem afagar; de olhar profundo e terno, que sabe entender e é incapaz de condenar. Mãe, de sorriso meigo, que acolhe a abranda a dor. Mãe, de passos largos e apressados, para acudir e acalentar. Mãe, tão insuficientes são as minhas palavras …. É por isso, que quero te dizer: Tu és o meu doce aconchego e o meu abrigo. Eu só quero te amar! Tu és o meu melhor amor! Obrigado, Maria, pelo teu amor que me ensina a amar!

LADAINHAS

Dir.

Maria, manancial de paz, -Sede a fonte.do nosso consolo.

Maria, modelo de coragem, – Fazei que sigamos o teu exemplo.

Maria, modelo de disciplina, – Sede nossa inspiração.

Maria, modelo de perseverança, – Dai-nos a tua fortaleza.

Maria, nossa mãe carinhosa, – Levai-nos até Jesus.

Maria, mulher cheia de piedade, – Ensinai-nos a ser misericordiosos.

Maria, mulher cheia de fé, -Ajudai- nos a crer.

Maria, mulher de esperança plena, – Dai-nos a plenitude da esperança.

Maria, mulher de visão clara, -Abri nossos olhos.

Maria, mulher de sabedoria e discernimento, -Ajudai-nos a fazer boas escolhas.

Maria, Consoladora dos afligidos, – Dai-nos um coração compassivo.

BÊNÇÃO DO SANTÍSSIMO

Tão sublime sacramento

adoremos neste altar.

Pois o Antigo Testamento

deu ao novo o seu lugar.

Venha a fé, por suplemento

os sentidos completar.

Ao Eterno Pai cantemos e a Jesus, o Salvador:

ao Espírito exaltemos,

na Trindade eterno amor; Ao Deus Uno e trino demos

a alegria do louvor. Amém.

V.: Do céu lhes destes o Pão.

R.: Que contém todo sabor.

Oremos: Deus, que neste admirável Sacramento, nos deixastes o memorial da vossa paixão, concede-nos tal veneração pelos sagrados mistérios do vosso Corpo e do vosso Sangue, que experimentemos sempre em nós a sua eficácia redentora.

Vós, que viveis e reinais pelos séculos dos séculos. R.: Amém.

Sacerdote:

Bendito seja Deus.

Bendito seja o seu Santo Nome.

Bendito seja Jesus Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro homem.

Bendito seja o nome de Jesus.

Bendito seja o seu Sacratíssimo Coração.

Bendito seja o seu preciosíssimo sangue

Bendito seja Jesus Cristo no Santíssimo Sacramento do altar.

Bendito seja o Espírito Santo Paráclito.

Bendita seja a grande Mãe de Deus Maria Santíssima.

Bendita seja a sua Santa Imaculada Conceição.

Bendita seja a sua gloriosa Assunção.

Bendita seja o nome de Maria Virgem e Mãe.

Bendito seja São José, seu castíssimo esposo.

Bendito seja Deus nos seus Anjos e nos seus Santos.

ORAÇÃO PELA PÁTRIA … Deus e Senhor nosso protegei a vossa Igreja, dai-lhe santos pastores e dignos ministros. Derramai as vossas bênçãos, sobre o nosso santo padre, o Papa Francisco, sobre o nosso arcebispo, e seus bispos auxiliares, sobre o nosso Pároco, sobre todo clero sobre o chefe da Nação e do Estado, e sobre todas as pessoas constituídas em dignidade para que governem com justiça. Dai ao povo brasileiro paz constante e prosperidade completa. Favorecei, com os efeitos contínuos de vossa bondade, o Brasil, este arcebispado, a paróquia em que habitamos, a cada um de nós em particular, e a todas as pessoas por quem somos obrigados a orar ou que se recomendaram às nossas orações. Tende misericórdia das almas dos fiéis que padecem no purgatório. Dai-lhes, Senhor, o descanso e a luz Eterna.

CANTO DE DESPEDIDA

Tarde te amei, beleza infinita. Tarde te amei. Tarde te amei.

Beleza sempre antiga e sempre nova.

– No entanto, Senhor, estavas dentro em mim, e eu fora de ti.

E embora confuso via a beleza de tuas criaturas.

– Comigo tu estavas e eu longe de ti, preso às criaturas.

Elas me amarravam querendo me reter longe de ti.

– Então me chamaste, e a tua meiga voz abriu meus ouvidos.

Então me tocaste, e a tua luz amiga meus olhos clareou.

– Tu derramaste teu suave perfume, de ti tenho sede.

Tu me tocaste e agora só anseio pela tua paz.

CANTOS PARA O RETIRO

O1.FIZESTE-NOS, SENHOR, PARA VÓS

Fizeste-nos, Senhor, para vós

E o nosso coração está inquieto

Enquanto não descansar em vós (2x)

Antes de tudo, meus caríssimos irmãos

A Deus amemos e ao próximo depois,

Pois estes são os principais mandamentos

Que do Senhor Jesus nós todos recebemos.

 

Primeiramente, isto é que vos prescrevemos:

A todos que em comunidade vos reunistes:

Vivei unidos no amor, numa só casa,

Numa só alma e num só coração.

 

02.QUE EU ME CONHEÇA A MIM MESMO

Que eu me conheça a mim mesmo

E que eu vos conheça, Senhor (bis).

Por meu amor desordenado: piedade de mim, ó Senhor.

Por caminhar cheio de orgulho: piedade de mim, ó Senhor.

Por procurar honras e glórias: piedade de mim, ó Senhor.

Pelo apego às coisas fúteis: piedade de mim, ó Senhor.

 

Pela ambição e avareza: piedade de mim, ó Senhor.

Por eu viver na indolência: piedade de mim, ó Senhor.

Por eu gostar de muito luxo: piedade de mim, ó Senhor.

Pela inveja e pela ira: piedade de mim, ó Senhor.

 

03.TARDE TE AMEI

Tarde te amei, beleza infinita, tarde te amei,

Tarde te amei, beleza sempre antiga e sempre nova.

No entanto, Senhor, estavas dentro em mim, e eu fora de ti.

Embora confuso, via a beleza de tuas criaturas.

Comigo tu estavas, e eu longe de ti, preso às criaturas.

Elas me amarravam querendo me reter longe de ti.

Então me chamaste e a tua meiga voz abriu meus ouvidos.

Então me tocaste e a tua luz amiga meus o os clareou.

Tu derramaste teu suave perfume, de ti tenho sede.

Tu me tocaste e agora só anseio pela tua paz.

 

04.QUERO MINHA VIDA PARTILHAR

Quero minha vida partilhar/ teus dons fazer frutificar/

E vivendo a caridade/ unir-me à Trindade.

– As ofertas que hoje trago são frutos do meu labor:

Sonhos, dores, esperança a ti entrego, Senhor.

 

– As mãos que estão abertas, para o irmão ajudar:

O amor, paz, a alegria a ti quero ofertar.

 

– De tudo que tenho faço oferta, de tudo que sou, tu és Senhor:

Todo o meu ser a ti pertence, ao teu povo doar-me vou.

05.QUISERA QUE VIESSES AO MEU CORAÇÃO

– Quisera que viesses a meu coração. / E inebriar-me com tua presença, / para esquecer de meus males, / e abraçar contigo Jesus. / Que sejas para mim mais atraente, / do que o mundo e suas seduções. / E assim te ame mais intensamente, / e me faças livre de toda tentação.

Vem, que eu sou o pão dos fortes, cresce e em mim te alimentarás. Não transformarás em ti, mas te transformarás em mim.

– Minha alma é morada estreita, / para receber dilata-a, Senhor. / Ouço tua voz e me aproximo, / mendigo, enfermo que sou./ És meu Deus, tu mesmo me convidas, /tão rico, te fizeste pobre por mim, / pra que eu mendigo, enriquecesse enfim, / tu vida envias a mim.

06.Ó COMO É BOM E AGRADÁVEL

 

Ó como é bom e agradável viverem unidos os irmãos.

Tende, pois, em vossa casa uma só alma e um só coração. (bis)

– Que ninguém vise o bem de si mesmo. Trabalhai para o bem comum.

Está escrito que a caridade não procura o seu interesse.

 

– Isto assim deve ser entendido: vós deveis sempre preferir

As coisas comuns às próprias, não as próprias em vez das comuns.

 

07.HINO A NOSSA SENHORA DA CONSOLAÇÃO

– Neste dia de graça e beleza, eis teus filhos que querem te honrar, ostentando a correia preciosa, o Emblema que vieste nos dar. Nesta vida de incertos roteiros, o perigo anda em volta de nós, mas se o manto desdobra, Mãe Pia, não ficamos em trevas, nem sós.

Salve, Salve, ó excelsa Rainha, do infeliz pecador, salvação. É de paz e doçura teu

nome, pois és tu, Mãe da Consolação. (bis)

– No trabalho, nas lutas ou festas, como é grato o teu nome invocar, alegria contigo é mais doce, e na dor tu nos vens consolar. Do teu nicho, entre luzes e flores, a nós baixa o teu cândido olhar; pois vimos, Senhora confiantes, teu consolo de mãe invocar.

08.HINO A SANTA MADALENA DE NAGASAKI

– Tem surgido uma estrela no oriente, / que ilumina a Igreja do Japão, /

auréola de mártir na sua fronte, / em suas mãos, a lâmpada ardente/

e de amores ferido o coração.

Madalena, mistério de oblação, espiga de semente agostiniana, celebramos teu triunfo como irmã, e pedimos apoio e proteção. (bis)

– Tua vida em plena juventude, / ofereces no altar do amor. /

E sobe gozosa na cruz, / e te enches de luz, como jardim em flor.

 

– E Cristo no céu de glória imortal te coroa. / A Fraternidade Agostiniana te aclama patrona. / E tu na glória, de gozo sem fim,/ abençoa e protege, abençoa e protege,/ a todos os filhos do Pai Agostinho.

09.HINO A SANTA MÔNICA

-Ó mãe amável e santa, de Agostinho, Doutor imortal,

Dos corações se levanta, hino de glória e amor filial.

– Foste o exemplo de Mãe carinhosa. Lágrimas quentes chorou teu coração,

Mas viste um dia a aurora radiosa de teu filho, a total conversão.

-Teu olhar materno rezava a prece do amor. A oração sublime de celestial

Querubim. E em suspiros ternos, que trescalavam candor,

Voa tua alma aos pés de Deus, para o amor sem fim.

10.FICO FELIZ.

Fico feliz em vir em tua casa, erguer minha voz e cantar.

Fico feliz em vir em tua casa, erguer minhas mãos e adorar. (bis)

Bendito é o nome do Senhor, bendito é o nome do Senhor,

Bendito é o nome do Senhor pra sempre. (bis)

11.JESUS CRISTO ESTÁ PASSANDO

Jesus Cristo está passando por aqui. Jesus Cristo está passando por aqui. Quando ele passa tudo se transforma, a tristeza vai, a alegria vem. Quando ele passa tudo se transforma, vem trazendo bênçãos pra você, pra mim também.

  1. SÓ PORQUE VOCÊ VEIO

Dê um sorriso só, sorriso aberto, sorriso certo, cheio de amor. Dê sorriso só, sorriso aberto, sorriso certo, cheio de amor.

Quem tem Jesus gosta de cantar, está sempre sorrindo, mesmo quando não dá, tropeça aqui, oi, cai acolá, mas depressa levanta e começa a cantar. (bis)

13.SENHOR, ME QUEIMA

Senhor, me queima com brasa do altar (2x). Senhor, estou aqui pode me queimar (2x).

Eu vim aqui pra buscar poder (2x). Senhor, estou aqui, quero receber (2x).

Conta pra Jesus onde é a tua dor, ele é o remédio, confia no Senhor.

Não desanimes, toma a tua cruz do que tu precisas, conta pra Jesus.

Vem cá, vem ver Jesus, está preparando uma bênção pra você

E o nome do doador é Jesus de Nazaré,

Para receber a Bênção é somente pela fé.

14.DESDE O NASCER

Desde o nascer ao pôr-do-sol seja louvado o nome do Senhor.

Desde o nascer ao pôr-do-sol seja louvado o nome do Senhor, Jesus.

Proclamai a todos os povos a salvação que ele nos trouxe,

Rendei-lhe hinos de glória e louvor a Jesus Salvador.

16.SIM, EU QUERO

Sim, eu quero que a luz de Deus que um dia em mim brilhou,

Jamais se esconda e não se apague em mim o seu fulgor.

Sim, eu quero que o meu amor ajude o meu irmão a caminhar

Guiado por tua mão, em tua lei, em tua luz, Senhor.

Esta terra, os astros, o sertão em paz, esta flor e o pássaro que vês,

Não sentirão, não poderá jamais viver esta vida singular que Deus nos dá.

Em minha alma cheia de amor de Deus, palpitando a mesma vida divinal,

Há um resplendor secreto do infinito ser, há um profundo germinar de eternidade.

17.VENHO, SENHOR

Venho, Senhor, te receber agora,

Teu Santo Corpo, Senhor, me enche do teu amor.

Venho, Senhor, te receber agora,

Teu Santo Sangue, Senhor

Transborda meu coração, senhor.

E ao receber teu Corpo e Sangue, Senhor.

Possa em mim brotar a paz, o amor e a salvação.

E no teu altar seremos um em comunhão,

  • És grande, ó meu Salvador.

E ao receber teu Corpo e Sangue, senhor,

Não se faça em mim motivo de condenação,

Mas se faça, sim, Senhor, presença tua em mim,

És grande, ó meu Salvador.

18. Quem é esta que avança como a aurora.

Temível como exército em ordem de batalha,

Brilhante como o sol e como a lua,

Mostrando o caminho aos filhos seus.

Ah, ah, minha alma glorifica ao Senhor,

Ah, ah, meu espírito exulta

Ah, ah em Deus, meu Salvador.

19.QUERO DIZER MEU SIM

Quero dizer meu sim.

Como tu, Maria, como tu, um dia. Como tu, Maria.

Quero negar-me a mim,

Como tu, ·Maria, como tu, um dia. Como tu, Maria

Quero seguir Jesus

Como tu, Maria, como tu, um dia. Como tu, Maria.

20.ESTOU AQUI

Estou aqui para ser amado e te amar.

Te olhar nos olhos

E deixar-me apaixonar.

Diante de ti me render ao teu amor,

Te confessar minhas fraquezas.

Sou pecador.

Também estou aqui pra pedir perdão,

Pelas almas que ainda não conhecem

Teu coração

Te amar por quem não te ama.

Te adorar por quem não te adora,

Te esperar por quem não te espera em ti.

E pelos que não creem

Eu estou aqui.

21.CANTAR A BELEZA DA VIDA

Cantar a beleza da vida, presente no amor sem igual,

Missão do teu povo escolhido, Senhor, vem livrar-nos do mal.

Vem dar-nos teu Filho, Senhor, sustento no pão e no vinho

E a força do Espírito Santo, unindo teu povo a caminho.

Falar de teu Filho às nações, vivendo como ele viveu.

Missão do teu povo escolhido, Senhor, vem cuidar do que é teu.

Viver o perdão sem medida, servir sem jamais condenar.

Missão do teu povo escolhido, vem conosco ficar.

22.EU VIM PARA QUE TODOS TENHAM VIDA

Eu vim para que todos tenham vida,

Que todos tenham vida plenamente.

Reconstrói a tua vida em comunhão com teu Senhor:

Reconstrói a tua vida em comunhão com o irmão.

Onde está o teu irmão, eu estou presente nele.

Eu passei fazendo o bem, eu curei todos os males.

Hoje és minha presença junto a todo sofredor.

Onde está o teu irmão, eu estou sofrendo nele.

 

Quem comer o Pão da vida viverá eternamente.

Tenho pena deste povo que não tem o que comer.

Onde está o teu irmão com fome, eu estou presente nele.

Pai Santo,

toda nossa esperança está em tua grande misericórdia.

Agradecemos a ti e bendizemos teu nome.

Que teu Espírito abra nosso coração à conversão;

uma conversão que nos una a Cristo Jesus,

que transforme nosso modo de pensar e de viver.

Concedei-nos a graça de ser criadores de comunhão,

que sejamos transmissores de tua paz

na Igreja e no mundo.

Faz-nos sensíveis às necessidades dos que vivem sem fé

que estejamos próximos dos sofredores e pobres.

Dai-nos humildade e disponibilidade para seguir Jesus.

Que ele plenifique nossa vida de esperança,

e nos torne repletos do amor a ti.

Infunde-nos, Pai, teu Espírito

para que respondamos com alegria

ao teu chamado à santidade. Amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *